fbpx
LOGO RASTRIALL POLICROMATICO

Como as células da vida atuam sobre as feridas complexas?

O que são as células da vida?

Para entender como as feridas complexas estão recebendo novas abordagens, vale compreender o que são as chamadas células da vida. Nesse sentido, estas são aquelas que viabilizam a formação de novos tecidos, recuperando os que estão danificados, como no caso das feridas complexas.

Ou seja, elas são as conhecidas células-tronco, capazes de se diferenciar em células de diversas funções.

O cenário atual

Ainda que os médicos e enfermeiros busquem técnicas cirúrgicas, indo além do uso de curativos e outras intervenções convencionais, dificilmente registram melhorias significativas em relação às feridas complexas.

Sem dúvida, elas geram um alerta entre a comunidade médica, porque estabelecem um tratamento difícil. Ademais, quando o acompanhamento não é feito em tempo hábil ou a manutenção é feita com base em cuidados paliativos, as feridas são intensificadas, colocando em risco a qualidade de vida dos pacientes

Uso de células da vida

Diante desse cenário desafiador para o tratamento de feridas complexas, as células-tronco estão alcançando um espaço crescente nos tratamentos. Através da técnica One STEP®, os médicos coletam um material rico em células-tronco mesenquimais do corpo dos próprios pacientes com o intuito de realizar o chamado transplante celular, atuando diretamente no local das feridas complexas.

Como resultado, o organismo reage bem ao tratamento, pois as células regenerativas propiciam um ambiente fértil para a reprodução de novo tecido. 

Além disso, essas células da vida apresentam uma capacidade de regeneração superior, acelerando a melhora da ferida, principalmente em quesitos funcionais.

Logo, é possível promover melhorias jamais vistas no tratamento de pé diabético, feridas e queimaduras complexas, entre vários outros casos.

Graças ao uso de células regenerativas ativas, é possível evitar medidas drásticas, como a amputação de membros.

Quando usar a técnica One STEP®?

Médicos de diversas especialidades podem utilizar a técnica. São os mais comuns: ortopedistas (incluindo suas subespecialidades); cirurgiões vasculares; cirurgiões plásticos; mastologistas; e urologistas.

Você é médica ou médico e deseja implementar o tratamento de feridas complexas com o uso de células da vida? Entre em contato com a Rastriall.  

*Este conteúdo tem caráter apenas informativo e não substitui a consulta médica.