fbpx
LOGO RASTRIALL POLICROMATICO

Inovações na área ortopédica: veja algumas mudanças importantes

Desde a impressão 3D até a inteligência artificial, as mudanças na área ortopédica exigem um olhar atento dos médicos. Confira!

Soluções mais rápidas e alívios de sintomas

Inegavelmente, a área ortopédica é uma das áreas que mais recebem pressão por inovações. Afinal, os quadros que chegam aos consultórios, como lesões ligamentares e fraturas, exigem urgência não apenas para aliviar as fortes dores dos pacientes, como também com o intuito de evitar o agravamento do problema

Aliás, qual ortopedista nunca detectou um ligamento prestes a romper, procurando alternativas para prevenir tal avanço?

Portanto, devolver a mobilidade e a liberdade até mesmo durante o tratamento 

tem gerado pesquisas e inovações na ortopedia. Acompanhe algumas!

Impressão 3D

Primeiramente, a área ortopédica no Brasil está convencida sobre os inconvenientes que medidas, como o gesso, podem levar à rotina dos pacientes. Nesse sentido, a impressão 3D já não se limita somente ao aprendizado dos médicos em formação. Pelo contrário, contribui fortemente para a confecção de órteses específicas para as necessidades de cada quadro, evitando falhas no processo de recuperação.

Dessa maneira, a maior facilidade no que diz respeito ao cuidado de si e as questões de sustentabilidade, que a impressão 3D suscitam, distanciam cada vez mais o gesso e as talas dos tratamentos.

Experiência holográfica

Ao mesmo tempo, a interposição entre  realidade mista e virtual também ganha espaço na área ortopédica. Só para ilustrar, alguns médicos estão usando óculos construídos com Inteligência Artificial (IA) tanto para educar os pacientes quanto para simplificar as etapas do plano cirúrgico. Com toda a certeza, isso reduz os riscos das cirurgias ortopédicas, como sangramentos excessivos.

Robótica na cirurgia de quadril

Também são notórias as contribuições da robótica, especialmente nos procedimentos para posicionamento de implantes e checagem do ângulo adequado nas cirurgias de quadril. 

Portanto, é uma estratégia menos invasiva, visto que são necessárias incisões menores, assim como há reparação do tecido cicatricial.

Sem dúvida, a robótica previne folgas que poderiam exigir revisão no futuro ou dor limitante para a mobilidade dos pacientes. 

Automatização de tarefas no centro cirúrgico

Apesar de poucas, existem empresas que modulam os centros cirúrgicos para automatizar etapas do plano cirúrgico, controlar a entrada e a saída de pacientes, administrar a dosagem de anestesia, entre outras. 

Consequentemente, os médicos e enfermeiros podem se concentrar em pontos mais estratégicos do procedimento, além de se dedicarem mais no atendimento dos pacientes.

Produtos inovadores na área ortopédica

Para além das tecnologias relacionadas à robótica e à realidade virtual, os produtos aplicados no tratamento clínico e cirúrgico são decisivos para uma recuperação menos dolorosa e mais rápida na área ortopédica.

Por exemplo, a família Opus inovou ao ser registrada como a primeira solução para o alívio de dores relacionadas à osteoartrite. Já o Adhesion STP+ é o primeiro e único antiaderente e antifibrótico que pode ser aplicado em intervenções cirúrgicas com o intuito de reduzir as aderências pós-cirúrgicas, que causam limitação de movimento e dor no pós-operatório.

É ortopedista e deseja conhecer um catálogo inovador na área ortopédica? Solicite a visita da nossa equipe.

Acompanhe a Rastriall no Instagram!

*Este conteúdo possui caráter informativo e não substitui a consulta médica. Consulte sempre um médico especialista.